PENSO

PENSO
LOGO EXISTO

domingo, 24 de julho de 2011

AULA 3:TEMAS DENOTATIVOS E CONOTATIVOS

A interpretação do tema


1. Considerações iniciais:


* Critério mais importante

* Fuga total: nota zero (casos raros)

* Fuga parcial: 5,5 / 6,0


- Desatenção

- Ignorância de vocabulário

- Desconhecimento total do assunto

- Dificuldade de abstração


OBS1:

Assunto Tema

Tópico geral- Questão específica a ser debatida


2. Tipos de tema


a) Denotativos:


* Características:

- Frases diretas ou perguntas

- Expressões em seu valor de face (sentido “literal”)


* Técnica:

- Atenção a cada palavra da frase-tema: identificação de limites e contextos

- Atenção total à “palavra / expressão de comando”: percepção de pressupostos e direcionamentos


* Rigor na avaliação de fugas ao tema:

- Por que o brasileiro transgride as leis?


- Impunidade na sociedade brasileira: o que fazer para superar essa tradição cultural negativa?


- Em que medida a identidade cultural brasileira é afetada pela globalização?


- Que reflexos a violência gratuita pode ter no cotidiano do homem contemporâneo?


- Como se pode compreender que a internet – cuja maior qualidade é a circulação de informações -, seja palco de racismo e intolerância?


- Como garantir a liberdade de informação e evitar abusos nos meios de comunicação? (Enem 2004)


- A espetacularização da mediocridade e a audiência nos meios de comunicação de massa (UFF 2010)


- O poder de transformação da leitura (Enem 2006)


- O cinema como prática social (UFRJ 2008)


- Ciúmes nas relações interpessoais (PUC 2010)


- Parâmetros de felicidade no cenário contemporâneo (UFRJ 2011)


b) Conotativos


* Característica:

- Frases poéticas ou “filosóficas”

- Imagens / charges

- Temas implícitos


* Técnica:

- Identificação de indícios: análise do concreto

- Abstração, com revelação dos sentidos figurados (metonímias e metáforas escritas e visuais)


* Habitual flexibilidade na avaliação de fuga ao tema:


- Quem não concorda comigo é meu inimigo (Sartre)

( intolerância)


-O inferno são os outros (Sartre)

(tendência de culpar os outros por próprios problemas)

- O mais triste de um passarinho engaiolado é que ele se sente bem (PUC) (Mario Quintana)

(Conformismo)


- O melhor está nas entrelinhas (Clarisse Lispector)

(Excesso de valorização das aparências)


- Podem ficar com a realidade

Esse baixo astral

Em que tudo entra pelo cano

Eu queria viver de verdade

Eu fico com o cinema americano

(escapismo)



Um comentário:

Desobstruindo as estrelinhas disse...

Muito bom! Poderia me ajudar com este tema? "Deus, para a felicidade do homem, inventou a fé e o amor. O Diabo, invejoso, fez o homem confundir fé com religião e amor com casamento".